domingo, 30 de junho de 2013

Freio

海菜 #17
imagem by freepik

A vida me cobra
refrear os sentimentos
o tempo todo.

(O que eu devo aprender com isso?) 


O sentido dos sentidos

Obs: o texto descarta os casos em que a privação dos sentidos tem origem em doenças.

Imagem by Freepik


Os cinco sentidos não devem ter esse nome por acaso. Eles são como um termômetro que mostra o quanto a nossa sensibilidade está desperta, logo, mede de alguma forma nossa capacidade de sentir.
Quando vou ao trabalho pela manhã passo por um vasto campo que faz parte de um parque da cidade. Todos os dias faço questão de observar o horizonte, as montanhas da serra ao fundo, os pássaros que fazem parte da fauna e que só podem ser vistos por lá e os quero-quero sempre elegantes e prontos para atacar quem oferece ameaça aos seus ninhos. Nenhum dia é igual ao outro, mas fico me perguntando quantas pessoas das inúmeras que passam por aí conseguem perceber isso.

Carta para Laura


Olá, Laura!
Meu nome é ***** e eu moro no Brasil. Sua história me chamou a atenção, pois criei uma filha sozinha e já passei por algumas fases difíceis, daquelas em que toda esperança parece esvair e o cansaço parece tomar conta de tudo.
Nesses momentos conturbados, procuro resgatar a alegria de viver cultivando novos hobbies comoa fotografia, a música, a criação de um blog, noas experiências culinárias, leitura, que me ajudaram a desligar um pouco das obrigações estressantes e ao resgate da admiração pelo simples e belo, que muitas vezes nos escapa em meio à turbulência do cotidiano.
Ontem foi a formatura da minha filha e momentos como esse me fazem perceber que todo o esforço de uma vida é recompensado por pequenos instantes brilhantes e inesquecíveis que precisam ser aprisionados na memória.
Aproveitar cada oportunidade para comemorar e contemplar nos enche de esperança e nos faz reviver sentimentos tão importantes como a alegria e a satisfação pessoal.
É preciso renovação constante, nos apaixonar várias vezes pela vida e sempre buscar meios de acreditar que oferecer amor, acima de tudo, vale a pena.

 Um abraço carinhoso!

Essa carta foi enviada em 01/07/2013 e faz parte do projeto The world needs more love letters, mais informações, clique aqui.

sábado, 29 de junho de 2013

Botão

海菜 #16
imagem by freepik

Guardar para si
conhecimento de vida
é botão fechado.


quarta-feira, 26 de junho de 2013

Neblina

海菜 #14
Imagem by Freepik

Leveza da névoa
acoberta a montanha
envolve meu homem.


Após a chuva...

海菜 #15
Imagem by Freepik

Sol abriu em nuvens
tal qual abrem-se caminhos
assim é a vida.


domingo, 23 de junho de 2013

Sobre amor e saudade

Imagem by Freepik

Na vida tudo passa
nada prende, nada enlaça
o tempo corre sem fim.
O desejo e a saudade
a toda hora invadem
causam desordem dentro de mim.
Fecho meu olhos bem forte
estar sem você é perecer
pareço um pouquinho enlouquecer.
Mas tem coisas com as quais não se luta
então me entrego à labuta
para por alguns segundos te esquecer.
Descubro que o amor não se esquece
ao contrário, é o que me enobrece
e me torna melhor como ser.

"Quem canta..."

Imagem by Freepik

...seus males espanta!"
Eu sou apaixonada por música desde que me conheço por gente. Há mais ou menos um ano retomei o hábito da adolescência de frequentar shows esporadicamente e tem sido experiências únicas e emocionantes. Depois dos shows, momentos em que me entrego de corpo e alma às sensações com o intuito de guardá-las bem seguras nos melhores compartimentos da minha memória, sempre que escuto novamente as músicas é só fechar os olhos e parece que estou lá na plateia.
Em abril do ano passado, assisti uma reportagem muito interessante no Fantástico (veja aqui) sobre a utilização da música como auxiliar no tratamento do Alzheimer.

sábado, 22 de junho de 2013

Ônibus III

Há dias sem deixar uma gota por aí, resolvi levar uma comigo hoje.



Mais uma vez o local escolhido foi um ônibus...estava bem vazio e foi tranquilo para deixá-lo preso na lateral do banco.


A frase que acompanhou foi essa:

"As pessoas felizes lembram o passado com gratidão,
alegram-se com o presente e encaram o futuro sem medo."
Epicuro

Entendo então que para ser feliz é preciso viver sem neuras, sem se preocupar muito com o que foi ou o que será. As mãos do destino nos conduzem.

sexta-feira, 21 de junho de 2013

Pudim de pipoca

De textura cremosa e surpreendente esse pudim fica delicioso!
Imagem by Bia

Ingredientes:
  • 5 xícaras de pipoca (normal, de milho amarelo estourado)
  • 1 lata ou caixa de leite condensado
  • 3 medidas de leite
  • 4 ovos
  • 1 colher de sopa de margarina
  • 1 e meia xícara de chá de açúcar
Preparo:
Leve o açúcar ao fogo médio dentro da fôrma. Deixe derreter aos poucos...quando formar pequenos torrões amarelos mexa delicadamente para ir ficando uniforme (ver dicas). Espalhe pela fôrma e reserve.
Bata no liquidificador a pipoca com o leite. Coe em uma peneira e devolva o líquido para o liquidificador. Acrescente os demais ingredientes e bata para misturar. Coloque na fôrma, cubra com um papel alumínio e leve ao forno em banho-maria (ver dicas) por cerca de 35 a 40 minutos. Para ver se está cozido, enfie uma faca de ponta fina até o fundo e retire. Ela sai úmida, porém sem trazer o creme do pudim na lâmina. Retire, espere esfriar pelo menos até amornar e desenforme em um prato um pouco mais largo para deitar a calda.

Dicas:
  • Não deixe o açúcar dourar até ficar da cor que deseja, retire do fogo um pouco antes. Ele alcança alta temperatura e continua caramelando mesmo depois de retirar do fogo, podendo queimar a calda. 
  • Para fazer o banho-maria, aqueça água, coloque em uma fôrma um pouco mais larga que a fôrma de pudim com algumas gotinhas de limão ou vinagre (para não escurecer a fôrma) e coloque a fôrma de pudim dentro. Com cuidado leve ao forno. O banho-maria permite que o cozimento seja um pouco mais lento, sem ressecar ou queimar o pudim.
  • Para fazer no microondas, dispense o banho-maria e use uma fôrma apropriada. Derreta o açúcar em uma panela e despeje na fôrma, espalhando. Para assar, marque 10 minutos em potência alta. Aguarde um minuto e verifique. Se ainda não tiver alcançado a textura desejada, coloque de dois em dois minutos, sempre repousando um minuto e verificando o ponto, até estar cozido. 




Holofotes





Imagens dos momentos que antecederam minha formatura.

Participação para o The weekend in black and white.

Laranja 24/52


Tão linda essa flor, parece um sininho...pena que não sei o nome.


Participação para o desafio Technicholor - Vamos colorir 2013, promovido pelos blogs Recanto Alegna e Lemon Drops.

Saudade

海菜 #13
Imagem by Freepik

Chuva tilintando
delicadeza constante
saudade pulsante.



domingo, 16 de junho de 2013

(in) Segurança

海菜 #12
Imagem by Freepik

Teia de aranha
delicados fios fortes
tecem segurança.


Gotas de conhecimento prático

Imagem by Freepik

Conhecimento é algo que adquirimos com estudo e experiência. Penso ter um significado enorme,  porque em muitos casos o conhecimento é construído sobre erros ou sobre alguma situação nova, e o novo sempre causa um certo receio até que se acomode e vire sabedoria, e por ser tão rico, merece ser compartilhado.
Desde nova sempre tive fascinação por ler dicas. As dicas são um meio simples que alguém encontrou para fazer algo de maneira mais fácil, barata e eficiente. Aqui estou compartilhando algumas dicas que uso no meu dia a dia, tendo descoberto através de pesquisas, sabedoria popular ou na prática, mesmo.

sábado, 15 de junho de 2013

Alívio

海菜 #11
Imagem by Freepik

Barulho de chuva
acalenta os cansaços
de costas exaustas.


sexta-feira, 14 de junho de 2013

Nuvem

海菜 #10
Imagem by Freepik


Sobreposição
do dever sobre o querer
nuvem sobre sol.



Tutorial: Como fazer coração de feltro III - Ponto alinhavo

Esse tutorial mostra como fazer o ponto mais simples, o ponto alinhavo, mas que confere um acabamento delicado aos corações.

1 - As partes do coração de feltro cortadas (os moldes estão aqui).


2 - Com dois fios de meada para bordar na agulha, faça um nó na pontinha e saia com a agulha onde deseja começar o alinhavo.


3 - Puxe a agulha até sentir que o nó segurou, meça a distância que deseja que apareça o ponto (cerca de 3 milímetros) e volte com a agulha para o lado inicial.


4 - Repita o procedimento, saindo com a agulha na lateral, tentando manter a regularidade da distância para um bom acabamento.


5 - E novamente retornando para o avesso. Procure puxar o fio para acomodá-lo, porém sem muita força, para não franzir o feltro.


6 - Com um pouco mais de prática, dá para pegar vários pontos de uma só vez, entrando e saindo do tecido com a agulha umas quatro vezes...


7 - e puxando a agulha. Sairá dois pontos de uma só vez.


8 - Faça isso em toda a borda e arremate no avesso com um nó.


9 - Coração finalizado com ponto alinhavo no coração interno e externo (veja como finalizar o coração aqui). Fica bonito usar sempre uma cor contrastante que combine com as estampas.


Rosa 22/52


Participação para o desafio Technicholor - Vamos colorir 2013, promovido pelos blogs Recanto Alegna e Lemon Drops.

Rosa 21/52 - 163/365


Participação para o desafio Technicholor - Vamos colorir 2013, promovido pelos blogs Recanto Alegna e Lemon Drops.

quarta-feira, 12 de junho de 2013

Razão

海菜 #9
Imagem by Freepik

Voz da consciência
fala firme aos ouvidos:
raiz da razão.



Carta para Julieta

Obs: Essa blogagem foi inspirada em uma reportagem da revista Seleções sobre as secretárias que aparecem no filme "Cartas para Julieta", onde uma congregação em Verona, na Itália, recebe cartas no mundo inteiro enviadas para a suposta Julieta, personagem de Willian Shakspeare, famosa por ter se entregado à morte após o óbito do seu amado.

Imagem by Freepik


Julieta:

Escrevo-te porque por experiência própria sabes o quanto o tamanho do amor que se sente determina a quantidade de passos que podemos dar em direção à ele.
Numa sociedade dominada por tecnologias, imediatismo, informações e efemeridades, frequentemente escuto falar o quanto as pessoas não compreendem o sentimento amoroso, o quanto lhes parece abstrato e talvez até, infantil. Por isso falo a você, que sofreu por escolher entregar-se aos impulsos do coração, porque só alguém que já sentiu assim será capaz de entender sem julgar.

terça-feira, 11 de junho de 2013

Ousadia

海菜 #8
Imagem by Freepik

Sensualidade...
 impregnada ousadia...
orvalho na pele.


segunda-feira, 10 de junho de 2013

Piracema

 海菜 #7
Imagem by Freepik


Há cumplicidade
na piracema de almas
que se reconhecem.


domingo, 9 de junho de 2013

Flor

 海菜 #6
Imagem by Freepik

Tão inteligente
tão sempre subestimada
flor tolhida, murcha.


sábado, 8 de junho de 2013

Para não passar em branco...

Imagem by Freepik

Quero iniciar o post de hoje agradecendo a generosidade e o carinho daqueles que passaram por aqui e deixaram seu recado na semana do meu aniversário.

Por do sol

 海菜 #5
Imagem by Vane

O outono dorme...
em cores deita o sol 
e seduz a alma.

quinta-feira, 6 de junho de 2013

Pensamento

Imagem by Freepik

Há dias em que o pensamento
nasce livre para ser poeira
e rodopiar leve ao bailar do vento.

Em outro dias o pensamento
nasce para ficar trancado
em gaiola, isolado
e assim não contaminar
seus companheiros de lindos voos
com sentimentos de mau agouro.

Pensamento se cura logo
se o remédio usado for
gotas de hora em hora
de um vidrinho chamado amor.

quarta-feira, 5 de junho de 2013

Orvalho

 海菜 #4
Imagem by Freepik

Brilhante tapete
à luz do sol faiscou...
orvalho na grama.


terça-feira, 4 de junho de 2013

Encanto

 海菜 #3
Imagem by Freepik

Ele se encanta
vê em mil em uma noites
 sua Xerazade.


domingo, 2 de junho de 2013

Bolo Floresta Negra

Apesar de tradicional essa receita é simples e sempre dá certo. O melhor desse bolo é que não é preciso se preocupar em alisar muito bem a cobertura, pois a beleza está na irregularidade coberta por raspas de chocolate.

Imagem By Bia

Ingredientes:

  • 8 ovos
  • 8 colheres de sopa de açúcar
  • 6 colheres de sopa de farinha de trigo
  • 3 colheres de sopa de achocolatado (mais doce) ou chocolate em pó (mais suave)
  • 1 colher de sopa de fermento em pó
  • 2 potes grandes de nata (creme de leite de mesa, ver dicas)
  • 4 colheres de sopa de açúcar para a cobertura
  • 400 gramas de cereja ao licor
  • 1 xícara de água misturada com uma colher de sopa de açúvar (para umedecer)
  • 1 barra grande chocolate ao leite ou meio amargo cortado em raspas
Preparo:

Ligue o forno em temperatura média. Separe gemas das claras e bata as claras em neve. Acrescenta as gemas e bata bem até ficar claro. Junte o açúcar e bata até ficar fofo. Junte o trigo e o chocolate em pó e bata rapidamente, somente para misturar, ou misture com uma colher. Acrescente o fermento e misture delicadamente. Ponha numa fôrma bem untada e enfarinhada e leve ao forno para assar (ver dicas).
Retire do forno, após 5 minutos desenforme e deixe esfriar coberto com um pano.
Bata a nata com o açúcar em velocidade média. Quando engrossar e formar desenhos sobre o creme desligue. Cuidado, se bater muito vira manteiga e perde o uso como cobertura.
Depois de frio (se não, derrete a nata!), corte o bolo ao meio. Umedeça com a calda de água, e despeje uma camada de um dedo de nata. Por cima distribua as cerejas cortadas ao meio (reserve algumas para decorar). Coloque a outra metade do bolo, umedeça a superfície e cubra fartamente com o restante da nata. Decore com  as raspas de chocolate, as cerejas e leve para gelar até o momento de servir.

Dicas:

  • A nata, ou creme de leite de mesa, em geral é vendida em potes no compartimento de frios do supermercado, ao lado de queijos, iogurtes, etc. Não dá certo com creme de leite de caixinha ou de lata, a não ser que na embalagem esteja especificado que é para esse fim.
  • Pode usar um pouco do licor da cereja na calda do bolo.
  • Para assar essa massa, que é pão-de-ló, é preciso cuidado para o ponto certo. Quando abrir o forno, o centro deve estar cozido. O teste é feito com uma suave compressão na superfície...se ficar a marca do dedo afundado, ainda precisa de mais cozimento, mas quando estiver quase no ponto é preciso verificar a cada três ou quatro minutos para não queimar ou ressecar.


Imagem by Bia

Sussurro



                                                                                海菜 #2
Imagem by Freepik

A curva macia
o sussurro de um verso
à ele soprou.


Cautela

海菜 #1
Imagem by Freepik

Bendita cautela
Fria como chuva fina
cai dos olhos dela.