sexta-feira, 31 de março de 2017

13/52 - #52SemanasdeGratidão



Minha gratidão da semana vai para a cirurgia bem sucedida de colecistectomia da minha filha, à pouco ela recebeu alta e está em casa, está se recuperando dentro do esperado. Estou cansada, mas feliz e agradecida.

domingo, 26 de março de 2017

12/52 - #52SemanasdeGratidão




12 - Show e filme


Minha gratidão para essa semana é para a possibilidade de entretenimento em minha vida. Na terça assisti ao filme A Bela e a Fera, liiiindo, muito Disney, rsrsrsr - embora eu também tenha adorado a versão anterior - que trouxe uma dose extra de poesia e encantamento.
E por poder assistir ao show da Dionne Warwick, diva, algo que nunca imaginei possivel, outra poesia, é como se ela cantasse direto para o coração, com força e suavidade, uma simpatia essa senhora. Fico muito grata por essas oportunidades!


domingo, 19 de março de 2017

Tag: Apaixonada por fotografia

Vi o desafio em alguns blogs amigos e como gosto de fotografar, resolvi responder também. :)




1 - Com quantos anos você ganhou sua primeira máquina fotográfica?

Não ganhei, rsrsrs. Lembro da primeira máquina do meu pai, uma Yashika, sempre que dava eu economizava na mesada e comprava filme para tirar umas fotos, isso, com 9, 10 anos - paixão antiga! Depois iam mais algumas mesadas para poder revelar, kkk! Essa máquina foi roubada quando eu tinha 14 anos de dentro da casa dos meus pais.
Com cerca de 16 anos trabalhava numa loja que minha mãe tinha na Rodoviária, economizei (ainda a mesada) e comprei uma máquina Fuji com rebobinamento automático - só lembrei disso depois que li na Ana Paula, kkkk! Ainda tenho vários filmes sem revelar tirados com essa máquina, rsrsrs, na época não havia grana!
Quando minha filha começou a fazer monitoria no Ensino Médio comprou uma Nikon melhorzinha (que está falhando), e eu comprei uma Fuji vermelhinha simples mas ótima para carregar na bolsa, cliquei bastante com ela, até que um dia fotografando o mar ela acabou molhando, e falecendo, kkkkk!

sexta-feira, 17 de março de 2017

11/52 - #52SemanasdeGratidão


Essa semana tenho mais um motivo especial para gratidão.

Minha filha teve dores fortes e dificuldades para respirar na madrugada de sexta e novamente, na tarde de sábado, o que causou boa dose de preocupação. Após vários exames o diagnóstico foi de pelo menos oito pedras na vesícula. Ela recebeu medicação, alta e indicação de cirurgia com urgência.
Agradeço pelo problema ter sido rapidamente encontrado, por ser algo que tem rápida solução (com tantas doenças graves que existem), por ter plano de saúde, por poder comprar os medicamentos, por ter condições de pegar um táxi para transportá-la (ouve um tempo em que só dava para pegar ônibus), pela dor estar sob controle, por estar com exames e  internamento encaminhados, por estar melhor de saúde e assim poder cuidar dela, enfim, agradeço, tenho certeza que em breve o desconforto estará resolvido. :)

Participação na blogagem coletiva da Elaine Gaspareto

domingo, 12 de março de 2017

Concentração, contemplação e silêncio

"A concentração é muito complicada porque você precisa se esforçar, é cansativo. A contemplação é um pouco melhor porque você tem mais espaço para se mover. Você não está se movendo através de um pequeno buraco que irá se tornar cada vez mais estreito, como na concentração.


imagem freepik


A concentração tem a “visão de túnel”. Você já reparou em um túnel? Visto de um lado, de onde você está olhando, ele é grande. Mas se o túnel tiver três quilômetros, o outro lado será apenas uma luz redonda e pequena. Quanto maior o túnel, menor será o outro lado. Quanto mais brilhante for o cientista, maior será o túnel. Ele precisa focar, e focar é sempre algo tenso.

sexta-feira, 10 de março de 2017

10/52 - #52SemanasdeGratidão





Essa semana não tem pra ninguém, rsrsrsr... quarta-feira estive com o meu amor, matei um pouquinho da saudade, a gratidão vem do coração e por esse motivo,  não cabe em palavras. <3


sexta-feira, 3 de março de 2017

8 e 9/52 - #52SemanasdeGratidão



Ai, ai... a vida é curiosa. Bater de frente definitivamente não adianta, rsrsrs.


Às vezes eu queria ter uma patinha fofinha igual à do Petisco só para deitar em cima dela, kkkkk!

Estou atrasada com minhas gratidões mas agradecendo a todo momento pela vida. Esqueci mesmo algumas coisas boas que aconteceram, preciso ir anotando para fazer o post...

O que sei é que estou muito grata por estar melhor de saúde, por minha turminha da pré-escola ser mais calma esse ano  - embora já com mais confiança e conhecimento de que a professora tem coração mole estão se mostrando, kkk - por ter encontrado vídeos interessantes sobre vida, autoconhecimento e arte, que tem me ajudando bastante a entender algumas coisas (e pessoas) e a mudar outras (as coisas, não as pessoas, kkkk!). Por estar em condições de comprar um novo computador para poder trabalhar quando o outro foi par ao espaço, kkkkk!!!!

Sempre acredito que a vida coloca em nosso caminho o que precisamos em determinado momento. Às vezes até o que é ruim, para  enxergarmos o que não nos faz bem e a dar valor e amar o que nos faz feliz.

Falei e disse pouco, mas tenho sentido muito. E esperando, com o coração cheio de amor, sem no entanto alimentar o sentimento de espera.


Participação para a Blogagem Coletiva da Elaine Gasparetto.